Workaholic: Você é um? - Blog CMMI & MPS.Br

Workaholic: Você é um?

By on September 28, 2012

Atualmente, há cada vez mais pessoas com a síndrome do workaholic, principalmente à atual crise econômica que tem afetado todos os países a nível mundial. Muitas pessoas estão inseguras em relação ao futuro, não só de sua carreira, mas também da empresa onde trabalha. Há uma preocupação maior também com a qualidade do trabalho, pois uma pessoa racional e que tenha um ótimo desempenho terá mais chances de continuar na empresa, caso haja necessidade de reduzir o pessoal. Mas não é só este motivo que leva uma pessoa a se tornar um workaholic. Quando alguém adora seu trabalho, se encontra super motivado desempenhando suas funções e é muito ambicioso, essa pessoa tem todo o perfil para se tornar em um workaholic.

Como se caracteriza o workaholic?

Existem diversas caraterísticas que descrevem um workaholic. Normalmente é uma pessoa que se sente muito bem em determinada empresa e que é admirada pelo empregador, pois está constantemente a lutar pelos interesses da mesma. Tem um grande poder de auto-motivação, não desistindo facilmente e procurando sempre alternativas ou algo de novo a fazer pela organização. O workaholic é alguém que procura incansavelmente a progressão na carreira pois é assim que se sente realizada até mesmo ao nível pessoal. Mas essa paixão pelo trabalho acaba por dar origem a que se torne viciado nele e que comece a agir de forma a que vive para ele… No entanto, o workaholic tem um enorme medo de falhar, de não corresponder ao que esperam dele. É uma pessoa que não se preocupa com suas férias, chegando mesmo a sentir orgulho de si mesmo por não ter férias há alguns anos, não dando importância aos malefícios da falta de descanso. Até mesmo na hora do almoço muitas vezes o workaholic fica na empresa, trabalhando…

Como é o workaholic fora da empresa

Tendencialmente afasta-se dos amigos, sendo a sua vida social afetada pelo trabalho. À medida que vai recusando os convites de amigos com a justificação de que estará trabalhando, eles mesmos começam por convidá-lo cada vez menos, até que a dada altura já nem o convidam mais. O workaholic normalmente se afasta da família, desconhecendo detalhes importantes do cotidiano. Esse afastamento vai criar uma certa tensão, pois em determinadas situações o workaholic vai estar tão absorvido pelo trabalho que apenas terá conhecimento sobre problemas que surgiram, quando eles são resolvidos. Nesta situação, pode haver discórdias e discussões. Caso o workaholic tenha filhos, estes vão sentindo a sua ausência. Até mesmo estando em casa, fica pensando em trabalho… Estes fatores podem originar carências afetivas e solidão. Diversos sinais de cansaço físico tendem também a surgir no workaholic, como insónias ou dificuldade em adormecer, estresse, nervosismo e gastrite, falta de concentração e até mesmo alterações no apetite. O sentido de humor é um outro fator que tem tendência a ser alterado e também pode contribuir para o isolamento e afastamento do workaholic, deixando de ter uma vida social.

E você, é um workaholic? Ou sabe criar um equilíbrio entre a sua vida pessoal e a profissional?

About Washington Souza

Black Belt, Washington Souza tem mais de 10 anos de experiência com gestão. Participou de implantações em todos os níveis CMMI e MPS.Br A. Gosta muito de Six Sigma e gestão como um todo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.