Sim, o cliente também tem responsabilidades - Blog CMMI & MPS.Br

Sim, o cliente também tem responsabilidades

By on April 9, 2012

Temos falado bastante sobre problemas em projeto, boas práticas de engenharia de software e dicas de gestão, coisas estas que são voltadas à equipe, mas hoje vamos fazer uma abordagem diferente: as responsabilidades do usuário ou cliente e seu impacto no projeto.

Em um projeto, todos, incluindo o usuário tem responsabilidades e o não cumprimento de suas responsabilidades traz impacto ao projeto. As empresas tem sido complacente com as falhas nas responsabilidades dos usuários, mas isto com certeza tem afetado o desempenho de seus projetos.

Quando falamos de usuário podemos dizer área usuária ou até mesmo cliente e suas falhas mais comuns nos projetos são:

Definir pessoas que não conhecem o negócio ou os objetivos do sistema
Há vários casos onde a empresa define uma pessoa que pouco conhece do negócio ou “está aprendendo”, nestes casos pela falta de conhecimento no negócio, constantemente procuram-se outras pessoas para esclarecer o que deve ser feito. O projeto não segue no ritmo esperado e gera um custo adicional à equipe de desenvolvimento.

Não ter tempo para o projeto
Quando se reserva um período no cronograma para o levantamento de dados espera-se utilizar aquele período da melhor forma nas atividades de levantamento, todavia em vários casos o usuário só tem disponibilidade na parte da manhã, duas horas por dia ou apareceu um outro compromisso. Isto novamente traz impacto ao projeto e novamente custo adicional ao mesmo.

Não fornecer dados exemplo para os testes
Em vários sistemas mais complexos são necessários dados mais elaborados para um teste mais confiável. Como a equipe de desenvolvimento não tem uma base de dados exemplo, ela cria seus dados e testa o sistema com estes dados justamente “para ganhar tempo” já que o usuário não forneceu os dados corretos. O que acontece é que durante a validação, começam a aparecer os bugs e o usuário joga a culpa no desenvolvimento. Novamente, advinha de quem é o impacto?

Nestes três exemplos bem comuns podemos ver que houve falha por parte do usuário e isto seria corrigido facilmente com um pouco mais de zelo e foco no projeto.

Eventos como estes ocorrem normalmente por oportunismo do cliente ou omissão do gerente do projeto. Oportunismo porque como o usuário está “pagando”, ele esquece que tem responsabilidades, e Omissão do gerente do projetos porque ele normalmente não quer “chamar atenção” do usuário dizendo que ele não cumpriu algumas de suas responsabilidades.

O gerente do projeto poderia eliminar ou reduzir o impacto em cada um dos casos com atuações como:

Definir pessoas que não conhecem o negócio ou os objetivos do sistema: O gerente do projetos pode acionar o patrocinador do projeto e explanar sobre o impacto ao mesmo. Em casos onde a situação não seja revertida o impacto pode ser transferido ao cliente.

Não ter tempo para o projeto: Novamente o patrocinador do projeto deve ser acionado e isto deve ser feito no primeiro evento. I impacto deve ser transferido ao usuário.

Não fornecer dados exemplo para os testes: O impacto neste caso é mais alto pois pode envolver todo o trabalho da equipe de desenvolvimento. A sugestão aqui é não iniciar o desenvolvimento sem os dados exemplo. Se parar o projeto não for possível, transferir o impacto sempre resolve.

Quando falamos de “trasnferir o impacto” significa transferir o impacto em custos visto que no primeiro caso foi necessário mais trabalho do que o previsto, no segundo caso foi necessário mais dias e o terceiro pode gerar alto retrabalho em decorrência da falta de dados reais.

Como usuário, é importante lembrar que você tem responsabilidades e há uma equipe de desenvolvimento trabalhado para fazer o melhor projetos para você. Dê a devida atenção.

About Washington Souza

Black Belt, Washington Souza tem mais de 10 anos de experiência com gestão. Participou de implantações em todos os níveis CMMI e MPS.Br A. Gosta muito de Six Sigma e gestão como um todo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.