Scrum e CMMI – Será que eles se encaixam? - Blog CMMI & MPS.Br

Scrum e CMMI – Será que eles se encaixam?

By on November 21, 2010

Muita gente se pergunta “É possível integrar o CMMI com os princípios ágeis?”. Este tema até hoje é muito discutido em empresas, universidades e sites na internet. A resposta mais simples é “Sim”. Todavia, muita gente ainda se pergunta “Como?”. É muito comum comentários do tipo: “Na empresa onde trabalho implementamos CMMI com a cultura de Comando Controle, como posso incorporar os princípios ágeis?”. Este artigo procura clarificar um pouco perguntas como esta.

Como posso usar o CMMI com os princípios ágeis?

Tudo se resume a interpretação do CMMI. Embora muitas pessoas tenham experimentado CMMI com uma cultura Comando Controle, isto não esta escrito em nenhum lugar no modelo CMMI. É exatamente o contrário. Se você aplicar os princípios ágeis na implementação do CMMI, é Possível chegar a uma interpretação muito diferente em sua implementação. Totalmente diferente da cultura Comando Controle. Quando alguém diz que o CMMI é comando controle, isto é uma opinião pessoal da mesma. A implementação do CMMI, quer seja ágil, quer seja comando controle, ou outra coisa é uma particularidade de cada organização. Você deve fazer sua própria interpretação, aliás, o CMMI te encoraja à isso.

Questione sempre: “Onde é que isto esta escrito no CMMI?”. Um dos princípios chaves do CMMI é interpretá-lo à luz dos princípios da organização. Se estes, são os princípios ágeis, você deve adaptar a implementação à realidade de sua organização. A nota introdutória do CMMI diz que o modelo deve ser implementado de acordo a atender seus objetivos de negócios.

Interpretando o modelo você perceberá que quando o CMMI pergunta “Como você planeja seu projeto?” isto deve ser lido como “Como você planeja seu projeto de acordo com os princípios ágeis?”.

O CMMI se preocupou em deixar explicitamente termos como “Quando necessário”, “de acordo com os objetivos de negócio” ou “adequados”. Mais precisamente, isto quer dizer “por favor, encontre uma solução que realmente atenda sua organização e a ajude a atender seus objetivos de negócio”. Provavelmente agora você perceberá o quão errados estão aqueles consultores que chegam com processos “prontos” compatíveis com o CMMI. Estes processos podem ter sido úteis e eficazes em uma determinada empresa, todavia cada empresa tem sua realidade, e ela muda. Cada implementação CMMI é diferente e deve atender a realidade da empresa. Não há mágica, e maturidade é “um passo de cada vez”.

O CMMI diz o que você deve fazer?

Embora muitos consultores adorem dizer “você deve fazer isso ou aquilo”, isto não esta certo. Sua empresa não deve fazer nada, e… esta não é a melhor maneira de se convencer adultos.

O CMMI é um sistema que lista “o que” uma organização eficaz e eficiente faz. Ele não te diz “como fazer”. Este “como” deve ser feito por você de acordo com a cultura e objetivos de negócio de sua organização. O Scrum é um excelente meio para te explicar o “como” fazer, todavia, é importante lembrar que este é um dos jeitos. O melhor jeito é o que melhor se adéqüe à cultura de sua organização.

Qual é o benefício do “Como você faz…”?

Questões do tipo “como eu faço no CMMI, lhe ajudam a analisar as soluções que você esta decidindo. Você pode:

  • Identificar as atividades úteis mas, ausentes no processo. Faça perguntas como: “Como você identifica riscos de acordo com os princípios ágeis?”. Talvez isto esteja faltando e talvez você perceba que é uma idéia muito boa fazer gerenciamento de riscos colocando por exemplo riscos no backlog.
  • Identifique GAPs nos princípios de seu negócio. Talvez você identifique que algumas coisas que faz não estão de acordo com os princípios ágeis.
  • Quebre as melhorias grandes em pedaços menores. Você pode, por exemplo, descobrir que alguns ciclos de melhoria organizacional seriam muito úteis. Quais são as “etapas” deste ciclo? O CMMI fornece a correta orientação para ciclos de melhoria contínua através de um conjunto de práticas completo e conciso. Estes, você pode, por exemplo, implementar com práticas ágeis e ter por exemplo um SCRUM Organizacional.
  • Priorize as melhorias. Confundido muitas vezes como “níveis de certificação”, os níveis de maturidade do CMMI são simplesmente uma priorização das melhorias como em qualquer Backlog. Implementando o CMMI 2 você provavelmente obterá um retorno sobre o investimento (ROI) bem mais relevante que o obtido no CMMI 3 e assim por diante. Há ROI considerável em todos os níveis, todavia como no SCRUM Backlog prioriza-se primeiro o que traz mais ROI.

O CMMI atua como um treinador, lhe ajudando a compreender e desenvolver a organização.

Qual o benefício de combinar SCRUM com CMMI?

O CMMI lista todas as práticas do “o que” uma organização eficiente e eficaz realmente faz. O Scrum fornece boas soluções do “como” em termos de planejamento e execução de projetos. No entanto há muito mais para uma organização ser considerada ágil. Como se faz a gestão? E a engenharia? Com essa combinação você pode melhorar em muito sua organização e ir muito além do do Scrum, sempre com “o como” dos princípios ágeis e “o que” do CMMI. E… SIM, o CMMI é muito mais do que o Scrum, mas… obviamente a organização é muito mais do que o Scrum.

O CMMI não é sobre processos? Não é sobre comando controle?

Este é provavelmente o maior equívoco sobre o CMMI porque a palavra “processo” pode ser utilizada de várias formas. No CMMI a palavra “processo” significa simplesmente “trabalho”. Se você analisá-la sob esta ótica várias coisas começam a parecer óbvias.

Alguns termos neste artigo foram alterados para tornar mais fácil o entendimento do CMMI. Aqui fica uma dica, para tornar mais fácil o entendimento do CMMI, faça download do modelo CMMI e altere a palavra “processo” por “trabalho”. Também altere “quando necessário”, “de acordo com os objetivos de negócio” e “adequado” por “de acordo com seus princípios ágeis”.
Voilá. Ai este seu CMMI ágil. Salve ele e use-o em sua organização.

Como eu inicio em CMMI com ágil?

O CMMI não é feito para leitura. Se olhar o CMMI verá que ele esta ordenado alfabeticamente. É um dicionário. Você não precisa ler um dicionário de A à Z (a não ser que esteja confinado em uma prisão por cinco anos :D). Entretanto, um dicionário ajuda muito a compreender determinadas coisas. O que você realmente precisa fazer é aprender a encontrar as coisas e navegar no modelo. Um treinamento CMMI lhe dará uma visão inicial sobre o modelo, lhe informando o que existe e o que pode ser feito.

Uma abordagem interessante é o mesmo treinamento CMMI ministrado por um Scrum Master.

About Washington Souza

Black Belt, Washington Souza tem mais de 10 anos de experiência com gestão. Participou de implantações em todos os níveis CMMI e MPS.Br A. Gosta muito de Six Sigma e gestão como um todo.

One Comment

  1. Bert Mikrot

    April 16, 2017 at 5:51 pm

    Really appreciate you sharing this article.Thanks Again.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.