O CMMI parece ser focado em Gerentes de Projetos. Tem algo para desenvolvedores? - Blog CMMI & MPS.Br

O CMMI parece ser focado em Gerentes de Projetos. Tem algo para desenvolvedores?

By on March 21, 2011

Pergunta: Parece que o CMMI está focado nos gerentes de projetos. Eu gostaria de saber se tem algo no CMMI que ajude os desenvolvedores e equipes de projeto.

Resposta: Vamos olhar o modelo CMMI um pouco mais… Podemos ver que em seu primeiro nível (CMMI 2) ele realmente foca bastante em gerenciamento através das áreas de processo:

  • PP – Gerenciamento de projetos
  • PMC – Monitoramento e controle
  • MA – Medição e análise
  • PPQA – Controle de qualidade de processo e produto
  • CM – Gerenciamento de configuração

A gestão é o forte no início, mas isto acontece porque é a fundação para… vamos dizer… “arrumar a casa”. É a base. Quando chegamos ao CMMI 3 podemos ver que trabalhamos forte a parte de engenharia de software e organização como um todo.

É importante lembrar que o CMMI não é uma metodologia (como XP ou RUP), assim, você não encontrará nenhum passo-a-passo para o desenvolvimento de software. Lembrem-se que o CMMI é praticamente um dicionário. Isto é necessário porque cada empresa desenvolve software do seu jeito, seguindo sua cultura, e é assim mesmo que tem que ser. Desta forma, cada empresa pode implementar as práticas do seu jeito.

Mas temos que lembrar que o CMMI contém guias e recomendações que o ajudarão a determinar o que seu processo deve ter e mais precisamente como melhorar os resultados. Mas… voltando a sua pergunta, vamos falar de algumas áreas de processo que o CMMI tem que podem ajudar o time de engenharia de software.

Solução técnica (TS)

Oferece guias para a escolha da solução técnica mais apropriada para o projeto. Elementos como qual o melhor método, que ferramentas utilizar, qual a melhor arquitetura, componentes, e outros são endereçados por está área de processo.

Integração de produto (PI)

Área de processo que ajuda no processo de desenvolvimento através de atividades como integração de produtos, geração de versão e libração para ambiente de produção (ou liberação para usuário)

Validação (VAL)

Provê um conjunto de elementos que ajudarão a criar um ambiente para validação, testar e comunicar os resultados.

Verificação (VER)

Um guia para assegurar que todos os requisitos, funções e estórias estão implementados no código. Está também é a área de processo responsável por revisão entre pares.

Desenolvimento de requisitos (RD)

Está área de processo é fundamental pois ela trabalha o início do processo (levantamento de dados) visando tornar os requisitos claros. Elementos como prototipação, provas de conceito, casos de uso, estórias do usuários e outros podem apoiar este processo.

Enfim… aprofunde-se mais nestas áreas de processo (e em outras) e você notará os benefícios rapidamente.

[Adaptado de Ask CMMI Appraiser]

About Washington Souza

Black Belt, Washington Souza tem mais de 10 anos de experiência com gestão. Participou de implantações em todos os níveis CMMI e MPS.Br A. Gosta muito de Six Sigma e gestão como um todo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.