Levantamento de requisitos: Visão prática do que você deve saber - Blog CMMI & MPS.Br

Levantamento de requisitos: Visão prática do que você deve saber

By on February 2, 2012

Todos que desenvolvem software já tiveram que se deparar com uma situação de levantamento de requisitos. Mesmo quem está começando com programação executa sem perceber o processo de levantamento de requisitos.

Este processo basicamente consiste em identificar e detalhar o que deve ser feito do ponto de vista de negócios e recursos em um determinado sistema. Pode-se entender requisito como “uma coisa que o sistema deve fazer”.

Durante o processo de levantamento de requisitos, a equipe de analistas foca em entender o negócio que o sistema deve atender. A equipe de analistas deve entender tanto quanto ou mais que os usuários (que estão provendo informações). Deve-se ter em mente que todo este processo de identificação “do que deve ser feito” deve ser documentado e formalmente aprovado pelo usuário. Uma dica prática para acelerar o processo de detalhamento dos requisitos é ter uma lista inicial dos requisitos.

Voltando à documentação formal dos requisitos, tipicamente divide-se os requisitos em dois tipos:

Requisitos funcionais

Este é o tipo de requisito mais comum e mais lembrado por todos, ele basicamente consiste em “o que deve ser feito”
Exemplos:
– Permitir o cadastramento de clientes
– Emitir um e-mail avisando os produtos com baixo estoque
– Uma tela apresentando os produtos com maior rentabilidade

Requisitos não-funcionais

Este tipo de requisitos é sub dividido em mais categorias como:

Requisitos de usabilidade
Como o próprio nome diz, estes são requisitos relacionados à como usar o sistema, qual será a experiência do usuário quando estiver utilizando o sistema. Em resumo podemos dizer que são requisitos que definam a facilidade no uso do sistema
Exemplos:
– Pelo menos 90% dos relatórios e consultas devem exibir seus dados em até dois cliques
– Os campos de consulta por período devem já vir preenchidos com a consulta de hoje à +30d
– A validação de campos número deve ser executada de forma imediata após o preenchimento do campo.

Requisitos de segurança
Como o próprio nome diz, devem ser tratadas as questões de segurança do sistema e seus dados.
Exemplos:
– A senha do usuário deve ser criptografada com chave de 32 bits

– Possibilitar a criação de perfis de acesso às telas
– Permitir a consulta das ações de um determinado usuário nos últimos 30 dias

Requisitos de confiabilidade
São requisitos para identificar quantitativamente a confiabilidade (e qualidade) do sistema.
Exemplos:
– Considera-se o sistema com qualidade aceitável caso o índice de erros por kloc da amostra não ultrapasse 2,5
– Os bugs identificados em momento de validação devem ser endereçados em até 2 horas após sua identificação

Requisitos de desempenho
Este é o tipo de requisito que lhe dirá se o sistema está ou não rápido, se o desempenho é ou não satisfatório.
Exemplos: O relatório de consolidação dos dados deve ser apresentado em até 3 segundos

Requisitos de portabilidade
Este é o tipo de requisito onde falamos de como o sistema se comportará em outros ambientes ou plataformas. Deve-se prestar bastante atenção à este tipo de requisitos pois ele pode “destruir” um projeto.
Exemplos:
– O sistema deve funcionar em iPhones 3GS, 4 e 4S e nos smartphones A, B, C e D
– O portal deve funcionar nos Browsers Internet Explorer, Firefox, Crome e Safari nas suas versões A, B, D e D

Enfim, procure sempre documentar os requisitos e obter aprovação formal tanto da identificação quanto de seu detalhamento. Fazendo um bom levantamento e classificando os requisitos conforme apresentado acima o risco em requisitos é reduzido considerávelmente.

About Washington Souza

Black Belt, Washington Souza tem mais de 10 anos de experiência com gestão. Participou de implantações em todos os níveis CMMI e MPS.Br A. Gosta muito de Six Sigma e gestão como um todo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.