A diferença entre tamanho e trabalho em contratos APF - Blog CMMI & MPS.Br

A diferença entre tamanho e trabalho em contratos APF

By on June 25, 2012

Há uma certa confusão entre trabalho e tamanho em diversos contratos que usam APF, compradores esquecem do trabalho e desejam pagar pelo apenas com base no tamanho, do outro lado, fornecedores reclamam que o tamanho em APF muitas vezes não reflete o real esforço para o projeto, como resolver isso?

Tamanho para chegar ao trabalho

Pegando um cenário onde sua equipe está fazendo um projeto com tamanho de 300 pontos por função (APF) e partindo-se do pré-suposto de que a produtividade é 10 horas por ponto por função, podemos concluir que seu projeto tem o esforço de 3.000 horas. Este projeto foi dividido em 10 entregas com tamanho de 30 PFs, ou seja, 300 horas. Para se fazer este trabalho estimou-se o custo de R$ 15.000,00.

Cada entrega tem um escopo definido, e o contrato diz que será pago o tamanho do projeto entregue.

A entrega 1 é realizada sem problemas, assim como as entregas 2, 3, 4, e acontece um problema com a entrega 5. Nesta entrega o produto é uma tela com diversas funcionalidades, só que o usuário definiu uma coisa e na hora de validação mudou pelo menos 5 vezes.

Como vimos no início, há um orçamento para se fazer um trabalho de 300h. Se em cada mudança alterou-se por volta de 60h do que foi implementado, podemos dizer então que houve um impacto aproximado de 300h. Em outras palavras, daria para fazer a mesma tela novamente.

As outras entregas são feitas normalmente e o produto final continua com o tamanho de 300 PFs, ou seja ele teve o mesmo tamanho que a estimativa APF. Após aferição do tamanho, o usuário paga as 3.000h e fica satisfeito, todavia, o gerente do projetos não está nada satisfeito pois teve que amargar um prejuizo de 300 horas.

Dois cenários para avaliar tamanho e trabalho

No primeiro cenário, podemos notar que houve uma falha no gerenciamento de escopo da entrega 5, pois o usuário deveria ser avisado que era uma mudança já na sua primeira solicitação. Se isso tivesse sido feito, provavelmente não haveria o aumento de trabalho na ordem de 300h.

O outro ponto é avaliar o projeto pelo seu trabalho, ou seja, apesar do tamanho do produto final ser equivalente à 3.000 horas, houve um trabalho adicional de aproximadamente 300h por provável indefinição do escopo pelo usuário. Em outras palavras, deve-se cobrar o equivalente à 3.300h, a cobrança é feita pelo trabalho adicional de 300h e não pelo tamanho original.

Muitas equipes esquecem disso, cobram o tamanho entregue e por falta de documentação não conseguem provar que houve trabalho adicional em outras frentes, com isso os projetos falham no atendimento dos custos.

Uma boa analogia é a construção de um quartinho de 10 metros quadrados. Se você pedir para derrubar ele 10 vezes e construir de novo o tamanho do quartinho continuará em 10 metros, mas o trabalho será equivalente à 100 metros e eu particularmente duvido que você consiga convencer o pedreiro que ele só vai receber o equivalente à 10 metros quadrados.

 

About Washington Souza

Black Belt, Washington Souza tem mais de 10 anos de experiência com gestão. Participou de implantações em todos os níveis CMMI e MPS.Br A. Gosta muito de Six Sigma e gestão como um todo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *