Entrevista com o CMMI Lead Appraiser Antonio Braga - Blog CMMI & MPS.Br

Entrevista com o CMMI Lead Appraiser Antonio Braga

By on July 12, 2010

Estamos estreando nossa sessão de entrevistas com um convidado de peso, o CMMI Lead Appraiser Antonio Braga. O Sr. Antonio Braga já realizou mais de 60 avaliações SCAMPI CMMI no Brasil e exterior e hoje é uma das maiores referencias sobre CMMI aqui no Brasil.

Nesta nova sessão você encontrará quinzenalmente entrevistas com pessoas que são referência em engenharia de software em geral. Mas… vamos a entrevista…

Entrevista com Antonio Braga

Blog CMMI: Algumas empresas acham que CMMI aumenta o custo, o que você diria a elas?
Braga: CMMI não aumenta o custo. O CMMI é composto pela melhores praticas no desenvolvimento de sistemas. O CMMI incentiva o trabalho segundo processos, sistematização, o que evita re-trabalho e define exatamente as atividades que devem ser seguidas.

Agora muito cuidado deve ser tomado pelas empresas ao definir seus processos e na criação de guias e regras de customização (tailoring) para evitar a criação de camisas-de-força, que engessem seu trabalho.

Blog CMMI: O que uma empresa precisa para iniciar com CMMI?
Braga: O apoio da alta gerencia é fundamental. Um projeto de melhoria de processos compatíveis com o CMMI deve ser iniciado somente quando a organização tem bem definido os benefícios que ira atingir com tal projeto.

A partir daí deve ser alocado um grupo (pode ser uma pessoa) ou ate alocação parcial, para ser responsável pela definição dos processos. Este deve ser primariamente um trabalho de facilitador com o pessoal que efetivamente usa os processos na prática.

Blog CMMI: Quais os pontos que as empresas mais devem ter atenção em um programa de melhoria CMMI?
Braga: Primeiro, os benefícios que a empresa vai atingir.
Não há mágica, não é um trabalho rápido, requer amadurecimento da organização e do pessoal envolvido, isso nos lembra que o primeiro M de CMMI é justamente Maturidade.
Definição de funções, alocação de pessoal e treinamento são fundamentais.

Blog CMMI: Quais os benefícios que uma empresa pode obter com o CMMI?
Braga: O SEI realizou algumas pesquisas sobre este assunto. De um modo geral as empresas que melhoram seus processos usando o CMMI como referência, encontram benefícios como:

  • Aumento de produtividade: Não se re-inventa a roda, o que deve ser feito esta definido.
  • Diminuição de custo: A partir da redução do re-trabalho e aumento de produtividade.
  • Estimativas mais corretas: Isso gera propostas mais adequadas o que pode representar mais negócios. Estimativas mais corretas evitam projetos deficientes.
  • Qualidade: A padronização dos processos e uso das melhores práticas te leva a gerar produtos de melhor qualidade.
  • Aumento da Satisfação do cliente: Há um aumento de satisfação por parte do cliente através da entrega de produtos de melhor qualidade e nos prazos acordados.

Blog CMMI: Quais as diferenças entre o CMMI tradicional e o CMMI para serviços?
Braga: O CMMI tradicional (CMMI-Desenvolvimento) tem suas praticas voltadas especificamente para o desenvolvimento de sistemas e software. O modelo CMMI-Services fornece as melhores praticas para o estabelecimento e execução de serviços. E aqui não falamos somente de serviços de informática. Este modelo pode ser aplicado a empresas que fornecem uma gama abrangente de serviços, como: empresa de transporte, serviços bancários, serviços educacionais, serviços de comunicação, serviços de saúde, etc. Todas estas organizações trabalham e utilizam serviços definidos, que podem ser melhorados através do modelo CMMI-Services.

Blog CMMI: A quem se aplica o CMMI para serviços?
Braga: Ele se aplica a empresas que fornecem serviços diversos como: help desk, call Center, outsourcing, transporte, educação, comunicação, financeiros, seguradoras, saúde e também a área de governo.

Blog CMMI: O CMMI 1.3 deve ser lançado este ano, o que podemos esperar com ele?
Braga: A versão 1.3 do CMMI será lançada em novembro deste ano, no mês seguinte será lançada a versão 1.3 do método SCAMPI.
Os modelos CMMI v1.3 (Desenvolvimento, Aquisição e Serviços) serão lançados em um mesmo momento e o principal objetivo desta versão é realizar o sincronismo entre eles, já que a diferença entre seus lançamentos é de quase 4 anos.

Blog CMMI: Quais conselhos você daria para as empresas que querem iniciar um programa CMMI?
Braga: O CMMI mostrou que a área de informática é igual a qualquer outra área. Necessita de processos para gerar soluções de qualidade. A qualidade do produto final é dada pelo pessoal envolvido, pela tecnologia utilizada e pela qualidade dos processos utilizados.

Em pouco tempo, ter sido avaliado em CMMI nível de maturidade 2 vai deixar de ser um diferencial. Crie um plano avaliando os custos e benefícios. Aloque as pessoas certas, peça auxílio a um consultor que conheça bem o modelo, aculture seu pessoal, defina metas, lute por elas. Em pouco tempo você vai colher os frutos.

Sobre Antonio Braga
Antonio Braga é  instrutor oficial de CMMI certificado pela SEI, para ministrar cursos oficiais de Introdução ao CMMI, Acquisition Supplement for CMMI V1.2 e Services Supplement for CMMI V1.2. Já ministrou mais de 20 vezes o curso de Introducao ao CMMI, no Brasil, Colombia, EUA, Paraguai e Portugal. Possui mais de 30 anos de experiência em desenvolvimento de sistemas, em gerencia de projetos e em metodologias. Graduado em engenharia eletrônica pela UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Ocupa cargo de diretor de projetos da Crest Consulting. Publicou em 1995 o primeiro livro sobre FPA (Analise de Pontos de Função) em português. Foi certificado em 1997 como CFPS (Certified Function Points Specialist) pelo IFPUG em Atlanta (USA). Braga foi aprovado nos Cursos: Intermediate CMMI, CMMI Instructor Training, CMMI Lead Appraiser Training, Improving Process Performancec Using Six Sigma, Goal-Driven Measurement e Understanding High Maturity Concepts erealizados nas instalações da SEI em Pittsburgh e Arlington (USA). Conduziu de mais de 60(sessenta) avaliações SCAMPIs de CMMI no Brasil, EUA, Inglaterra, Portugal e China. Participou como Mini-team leader de 10 avaliacoes níveis 4 e 5.
Braga é certificado pela SEI, como CMMI Lead Appraiser, para liderar avaliações SCAMPIs sobre os modelos CMMI-Development, CMMI-Acquisition e CMMI-Services.

About Washington Souza

Black Belt, Washington Souza tem mais de 10 anos de experiência com gestão. Participou de implantações em todos os níveis CMMI e MPS.Br A. Gosta muito de Six Sigma e gestão como um todo.

One Comment

  1. Valentine Hankel

    April 16, 2017 at 6:12 pm

    Very good article post.Really thank you! Will read on…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.